XE: Gráfico XBT/USD. Taxa Bitcoin para Dólar dos EUA

Freelancing e recebimento de dinheiro do exterior

Bom dia, doutores. Preciso sanar algumas dúvidas relacionadas ao recebimento de dinheiro do exterior principalmente com relação aos impostos e custos em geral. Sem mais delongas, vamos lá.
tl;dr preciso sempre declarar todos os meus ganhos fora do Brasil mesmo na minha situação (vide abaixo)? Como amenizar isso?
Ou então prossiga para a seção "O problema" para ver a pergunta em detalhes.

A situação

Sendo bem direto, tenho 18 anos e recém sai do Ensino Médio, não trabalho, nunca trabalhei, não tenho cartão de crédito, só uma conta NuBank e não tenho qualquer renda. Minha família está passando por uns apertos e para amenizar pensei em ganhar uma grana sendo freelancer para aproveitar a alta do dólar e minha semi-fluência em inglês. O plano inicial era tirar uns 500 USD por mês, tem projeto que paga isso numa semana, mas estou atirando baixo em trabalhos de data entry e tradução que pagam bem menos. Com esse dinheiro já cambiado e depois de uns 3 meses juntando, eu manteria ele na minha conta NuBank e começaria a investir com renda fixa e variável, day trade, buy & hold, o que for necessário e seguindo as informações daqui e de outros fóruns. Sei que não faria muita grana agora mas a ideia era de começar cedo e ganhar experiência.

Freelancing

Estou usando o site freelancer.com (sim, eu sei da Workana e do 99freelas). Entrei num concurso e tenho grandes chances de ganhar 15 dólares canadenses que, no câmbio de hoje, dá uns 54 reais. Teria trabalhado bem mais e criado conta na Workana e em outros site se não fosse o meu problema a seguir.

Explicando

Pelo que entendi, toda transação do tipo envolve duas etapas:
  1. Receber e converter o dinheiro para o Real (seja por banco ou terceiros);
  2. Declarar os ganhos no imposto de renda.
1 - Nesse primeiro ponto é necessário saber de antemão que segundo decreto de lei recente, brasileiros NÃO podem manter dólar ou qualquer moeda estrangeira na sua conta bancária sem antes converter para real. Aliás, é por isso que o Paypal converte direto agora, sem nem perguntar, usando taxas absurdas.Essa conversão se dá pelo desconto de impostos. Você sempre sai perdendo. Portanto, a questão aqui é minimizar as perdas.
Pelas minhas pesquisas, bancos comuns cobram 20 USD fixos + taxas de IOF + Spread + qualquer outro imposto que der no cu deles, seja pra 10 dólares ou 1 milhão. Por isso, bancos não valem a pena nesse processo. A alternativa é usar outras empresas que fazem o serviço usando taxas menores. Pesquisando, encontrei uns dez sites que fazem isso, como o Remessa Online, PayPal, TransferWise, Banco Inter, Western Union, Husky, Payoneer, Skrill... A lista é longa e não é da intenção desse post desenvolver nos detalhes intrínsecos de cada um. A verdade é que o Remessa Online é o melhor de todos até agora pois para receber dinheiro de fora não há tarifas fixas como na maioria e o IOF é de apenas 0,38%, além de um custo de 1,3% do valor recebido, uma das menores que achei. Pra simplificar: no final de tudo seria descontado 1,68% do teu câmbio final (que tu receberia sem as tarifas), o que é bem conveniente para pequenas transações. Ainda é gratuito, fácil de criar conta, recebe de PJ para PF, tem suporte para várias moedas, é bem seguro e possui ótimo suporte. Remessa Online é o que eu decidi por ora.
OBS: a partir daqui eu já não tenho muita certeza de nada, esta é a síntese do amalgamado de informações que encontrei e está da maneira que eu interpretei. Corrijam-me se houver erros, por favor.
2 - Nesse segundo ponto é que está a merda. Pelo que entendi, nem tudo é maravilha porque o governo além de meter tarifas de conversão da moeda até no teu furico, exige que todo mês seja declarado nos teus impostos os ganhos no exterior pelo famigerado carnê-leão. E é aqui que começou de fato o meu problema.

O problema

Na real mesmo? Eu nunca tive contato na vida com impostos, não tenho emprego (tá difícil aqui onde moro) e nem renda. Não quero dar um de coitadinho da escola pública mas a verdade é que esse tipo de coisa nunca foi nem citado durante meus mais de 10 anos de escola. A questão: Como eu devo proceder?
Pelo que eu entendi, há regras para quem deve declarar o imposto: ser maior de 18, ter renda, ter ganhado x ou investido y ano passado, etc. O Google explica. Entretanto, nos fóruns da vida, é dito que toda renda no exterior deve ser declarada, e fico num impasse. Eu farei, no máximo, e estou sendo generoso, uns 500 USD por mês. Máximo mesmo. Não quero tratar de ilegalidades aqui, tanto que estou perguntando para não sujar meu nome, mas sendo bem franco: as pessoas pagam isso mesmo? Caras, se tu for pessoa física são 27% de impostos que tu tem que pagar pro Governo. Como eu ainda vou estar ganhando acima do câmbio 1:1, ainda estarei lucrando, mesmo que perdendo esse tanto de dinheiro, mas mesmo assim, pra mim é um absurdo ter que dar mais de 1/4 dos meus ganhos pro Governo pra minha rua não ter nem saneamento e usar internet via rádio, lmao. É uma piada, sei que não é bem assim que funciona. Me perdoem a ingenuidade mas foi um choque de realidade.
Para finalizar, já me passaram alternativas, sendo elas:
No final tudo se resume a: preciso realmente pagar esse impostos? Se sim, temos opções legais para burlar (como a dos bancos internacionais) ou só pagar menos?
Bom, era isso. Não postei na megathread de impostos pois percebi que é uma pergunta bem específica e que pode ser aproveitada por outras pessoas também. Desculpem-me o textão, não costumo postar muito nessa minha conta "séria" mas muito obrigado a quem leu, o Reddit é meu salva vidas pra muitas coisas e a internet é o único meio de contato que tenho para esse tipo de informação. Valeu!
submitted by luis_gfm to investimentos [link] [comments]

Bitcoins são um mimo mais inútil que figurinhas da Copa do Mundo

Em qualquer rodinha de grisalhos hoje em dia, o papo não é mais o Viagra ou Cialis, nem troca de dicas p/ no Tinder atrair gatinhas que queiram homens maduros. É a porra do bitcoin. Essa semana tentei ajudar a vedete do momento a ter um valor real, útil e falhei miseravelmente, o que compartilharei com vossas senhorias nesse rant.
O que tentei nessa semana foi passar a aceitar bitcoins como forma de pagamento aos serviços essensais ao funcionamento da internet: colocation, trânsito IP, CDN e mitigação de DDoS. Isso permitiria que serviços digitais, online, pudessem custear sua operação de infra-estrutura com bitcoins o que por sua vez também permitiria que seus clientes dos joguinhos online, VPN, e-mail etc. pagassem pelo serviço com bitcoin, fazendo uma economia girar.
E me deparei com os seguintes problemas:
Resultado? Não é possível prover um serviço que faça parte de uma cadeia produtiva real, que faça a economia girar e ser remunerado por ele em criptomoedas. Nesse sentido, cédulas do Banco Imobiliário ou figurinhas da Copa do Mundo são mais úteis. Com uma caixa de figurinhas em ano de Copa na porta de uma escola você as troca por dinheiro vivo rápido, sem taxas, no strings attached.
Lembram daqueles jogos estilo Colheita Feliz? Que o povo torrava dinheiro para ter uma árvore de Bis de limão, uma vaca que dava Nescau direto da teta? Hoje o jogo saiu de moda e esses "ativos digitais" valem porcaria nenhuma. Bitcoin é isso, um arquivo da moda que hoje tem muito valor especulativo. Mas quando a moda passar ou você tentar realmente beber o Nescau da sua vaca da Fazendinha Feliz, verá que esse valor não está conectado ao mundo real.
Se não é uma moeda digital, o que é bitcoin então? É na minha humilde avaliação de alguém quem tem uma atividade econômica relevante, que emprega gente, paga impostos e gera riqueza nada mais é do que uma nova modalidade de pirâmide: um esquema abstrato, um produto sem real aplicação no mundo real (ex.: boi gordo, avestruz, TelexFree, TalkFusion) que você tem que pagar para entrar. E quanto mais gente entra, mais o valor do finito bitcoin sobe, os espertos vendem quando o valor fica bem além do que pagaram para entrar e pulam de para-quedas do esquema enquanto os trouxas ficam no avião sem saber que não há mais piloto e a rota é de colisão para o chão.
Bitcoin poderia ser muita coisa boa. O potencial realmente é fantástico, não adianta vir nos comentários tentar me catequizar no que ele poderia/poderá ser. Estou falando do presente. Não vivemos no mundo imaginário The Sims - onde o que imaginamos acontece. Vivemos no mundo real. Onde há câmbio, há fisco, há o estado e seus monopólios. O bitcoin não nos libertará assim como os Simoleons não nos libertaram.
Nada de útil se vende em bitcoin, nada de útil compra em bitcoin, serviços relevantes, bens relevantes não são e não serão trocados usando bitcoin como intermédio. Empresas que mineram, guardam, negociam e convertem bitcoin são tão malévolas quanto bancos tradicionais e seus juros. The cake is a lie.
submitted by magicomplex to brasil [link] [comments]

/r/oBitcoin FAQ - Novatos por favor leiam

Bem vindo ao /oBitcoin FAQ fixada

O texto que se encontra aqui foi desenvolvido por Mtzrkov e outros em Github.com/btcbrdev/oBitcoin e está em domínio público para ser usado livremente por qualquer um.

O que é bitcoin?

Bitcoin (BTC ou XBT) é o primeiro e mais importante dinheiro eletrônico sem autoridade central, baseado numa tecnologia open-source inédita chamada Blockchain, que foi desenvolvida por Satoshi Nakamoto em janeiro de 2009. Essa tecnologia permite a criação de um "banco de dados" confiável P2P (ponto-a-ponto), o que abre caminho para muitos tipos de inovação, sendo uma delas o próprio bitcoin e outras como contratos descentralizados, por exemplo.
Nota: normalmente emprega-se "Bitcoin" em maiúsculo para se referir ao protocolo (baseado na tecnologia Blockchain) e em minúsculo "bitcoin" para se referir a uma unidade da moeda.
O Bitcoin, além de um bem digital, pode ser considerado também um sistema de pagamento, totalmente independente de qualquer sistema já existente, como cartões de crédito, Paypal, bancos e outros. Sua capacidade atual estimada é de 7 transações por segundo, mas essa capacidade pode ser aumentada com o passar do tempo se houver necessidade. Por ser puramente digital e distribuído, o Bitcoin funciona 24/7 e tem alcance mundial, além de ter locais especializados de troca pela moeda local (chamados exchange) nas principais cidades do mundo.
A segurança da rede do Bitcoin, ou seja, o que garante que não existirá um chamado "gasto duplo" do mesmo dinheiro, é o consenso da rede P2P feito pela validação das transações por parte dos mineradores. Para que um minerador consiga incluir um bloco válido na rede, ele precisa utilizar um grande poder computacional. O processo de mineração consiste na realização de cálculos matemáticos para a seleção de quais transações válidas serão incluídas no próximo novo bloco do Blockchain, excluindo aquelas que tiveram uma tentativa de "gasto duplo" naquele período. Cada nó da rede, além dos mineradores, também é capaz de verificar a validade das transações incluídas no bloco. É nesse processo também que aparecem os "bitcoins ainda não descobertos". A distribuição dos bitcoins é feita de forma previsível, tendo uma queda de recompensa pela metade de 4 em 4 anos. Serão encontrados no máximo 21 milhões de unidades da moeda.

Quanto vale um bitcoin?

O preço de mercado de um bitcoin é determinado através da lei da oferta e da procura, portanto estando sujeito a variações de preço por causa de acontecimentos políticos e econômicos (como desvalorização e inflação de moedas estatais, conflitos, maior demanda por Bitcoin etc).
Assim como nas moedas estatais, o preço do bitcoin varia e pode ser diferente dependendo do lugar em que for negociado.
Se você for comprar dólares no Brasil, você terá que procurar uma casa de câmbio que poderá ter a cotação de R$ 3,00 por dólar, por exemplo. Caso vá a outra casa de câmbio, você poderá notar que o preço poderá ser ligeiramente diferente, além das taxas também variarem. Com o Bitcoin não é diferente. Essa variação entre as exchanges (nome comumente usado para se refererir aos locais de compra e venda de bitcoin) são equilibradas pelo mercado através de operações de arbitragem (comprar num lugar mais barato e vender num mais caro).
Para se ter uma ideia do preço médio do bitcoin, você pode dar uma olhada em sites como os que seguem:
Para um gráfico do preço ao longo do tempo, acesse:

Volatilidade

Por ser uma moeda ainda muito recente (inventada em jan/2009) e ainda não muito utilizada, seu preço de mercado ainda é muito volátil. Isso faz do bitcoin um investimento de risco atualmente. O preço tende a ficar mais estável ao longo do tempo, quando o mercado puder definir com mais exatidão seu "preço real". As oscilações também tendem a diminuir conforme o seu market cap (quantidade de moedas x preço) aumentar. Hoje (2015) o market cap do bitcoin é de US$ 3 bi, o que pode ser considerado pouco se comparado ao valor de algumas empresas como a Dell (US$ 24 bi) ou ainda de outras commodities como o ouro (US$ 2.600 bi).
Para um gráfico da volatidade ao longo do tempo, acesse:

Como obter bitcoins?

O bitcoin é um bem digital e assim como outros bens, pode ser adquirido de diversas formas:

1. Negociação direta (P2P / pessoa a pessoa)

Uma das maneiras mais baratas de se negociar bitcoins, porque não tem taxas, é comprando diretamente de outras pessoas que já possuem a moeda. As duas partes chegam a um acordo de preço e a troca é feita. Geralmente quem tem menos reputação entrega o bitcoin ou a moeda local primeiro.
Por ser uma maneira relativamente arriscada, pois não há um mediador para casos de descumprimento de uma das partes, a reputação de alguém deve ser muito considerada. Exemplo: prefira negociar com alguém do seu círculo de amizades (rede de confiança), alguém que você confie muito como familiares e amigos, ou por uma indicação (amigo de amigo). Se a outra parte tem uma reputação duvidosa, prefira negociar aos poucos (divida os valores em várias partes menores e vá trocando aos poucos).
Algumas ferramentas auxiliam nesse processo de reputação e rede de confiança, sendo elas:

2. Negociação indireta (com intermediário)

Outra forma de se negociar bitcoins (e essa provavelmente é a maneira mais conveniente, embora não seja a mais barata) é utilizando um intermediário que viabilize a compra e venda de bitcoins entre pessoas interessadas. Esses intermediários são as "corretoras" ou "bolsas" de bitcoins (mais conhecidas por exchanges).
Essas corretoras fornecem um serviço de intermediação entre compradores e vendedores de bitcoin, cobrando uma taxa para tal. Por causa disso o bitcoin nas corretoras tem um preço final um pouco mais alto do que se fosse comprar de outras maneiras, mas devido ao altíssimo volume, uma operação pode ser realizada instantaneamente.
Além de usar exchanges, você também pode encontrar um intermediário na relação P2P, tornando-a mais segura. Exemplo: um amigo em comum, que pode levar uma comissão previamente combinada para intermediar as duas partes.
Você pode conferir uma lista de corretoras no ExchangeWar. Algumas das principais corretoras brasileiras são:

Onde gastar bitcoins?

Hoje é virtualmente possível gastar os bitcoins em qualquer lugar, usando algum intermediário para trocá-los imediatamente sob demanda por alguma moeda local, como numa exchange ou com serviços como Neteller, Xapo ou Gyft.
Alguns locais porém já aceitam a moeda digital diretamente, como é o caso da Microsoft, Dell e Overstock, além de inúmeras outras ao redor do mundo.
Confira uma lista com mais de 100 mil lugares que já aceitam diretamente o bitcoin em SpendBitcoins ou no CoinMap.
Segue algumas listas de locais que aceitam bitcoin no Brasil:

Como minerar bitcoins?

Para minerar bitcoins você precisa executar um software em um computador especializado (ASIC) que possa realizar uma grande quantidade de operações matemáticas demandada pelo sistema de consenso P2P do bitcoin.
Logo após a criação do Bitcoin em 2009, era possível e rentável minerar bitcoins utilizando o processamento de computadores pessoais (através de simples processadores e placas de vídeo), mas com o tempo essa atividade deixou de ser rentável e tornou-se praticamente impossível para tais máquinas. Isso aconteceu pois o interesse no Bitcoin aumentou muito, trazendo assim mais pessoas para a mineração e impulsionando uma corrida por maior quantidade de processamento. Com o avanço da tecnologia e o aumento do interesse por Bitcoin, mais poder de processamento foi adicionado à rede Bitcoin e isso resultou em um aumento da dificuldade para se encontrar novos Blocos.
Essa é uma característica do protocolo Bitcoin: quanto maior o poder de processamento da rede, maior a dificuldade para se minerar bitcoins - ou seja, maior a dificuldade para se descobrir novos Blocos. Um bloco é um arquivo que possui uma identificação (data, hora e informações genéricas) e um registro das transações (movimentação de bitcoins entre endereços) mais recentes. Resumidamente, os mineradores são uma forma de manter a rede Bitcoin segura e operante, algo que demanda muito poder de processamento (o que torna inviável o uso computadores de propósito geral para tal fim) e que, como retribuição por essa tarefa importante, gera uma recompensa em bitcoins pelo trabalho.
Todas as transações, ou seja, as movimentações em bitcoins realizadas entre endereços (carteiras), são anônimas pois se caracterizam como uma transferência de fundos de um endereço Bitcoin para outro, que, embora tenham relação indireta com pessoas reais, não possuem uma relação direta. Ou seja, não é possível dizer com absoluta certeza que determinada pessoa é detentora de um endereço a menos que ela diga isso em algum lugar - o que torna o Bitcoin algo pseudônimo, não anônimo (você é anônimo apenas se quiser e tiver conhecimentos para tal). Todas as transações da história da rede Bitcoin são públicas e podem ser conferidas em sites como o Blockchain Info.
Então...é impossível minerar hoje em dia num PC comum ou notebook? Sim, mas não é lucrativo. Para isso existem os ASICs (Circuitos Integrados de Aplicação Específica, em inglês Application Specific Integrated Circuits), hardwares específicos para mineração. Há uma lista na Bitcoin Wiki, em inglês, onde estão listados todos os ASICs disponíveis no mercado e também placas gráficas e processadores. É importante notar que embora seja possível minerar bitcoins, não é algo recomendado aos brasileiros, uma vez que o equipamento é caro, importado e possui taxas de importação - além da energia elétrica brasileira, que inviabiliza totalmente o processo.
Nota: Em processo de desenvolvimento: Guardando seus bitcoins e Ganhando bitcoins.

Unidades comuns do bitcoin

Unidade Abreviação Quantidade em bitcoin Uso Nome alternativo
Bitcoin BTC 1,00000000 Unidade básica, usada no client padrão. XBT
millibit mBTC 0,00100000 Padrão em diversos serviços. -
bit μBTC 0,00000100 Possível novo padrão a ser adotado. microbit
Satoshi - 0.00000001 Frequentemente usado para negociar altcoins, menor unidade possível. -

Comunidade brasileira

submitted by felipelalli to oBitcoin [link] [comments]

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA E RACIOCÍNIO LÓGICO ... QUAL A MELHOR CASA DE CÂMBIO PARA COMPRA/VENDA DE BITCOIN ... Cambio de TENDENCIA para BITCOIN CERCA Cuando los 20.000 USD TOP 5 MELHORES EXCHANGES DE BITCOIN E CRIPTOMOEDAS 2019 ... Taxas no BITCOIN?? Cuidado! - Mas dá para

BTC/USD (Bitcoin vs USD). Taxa de câmbio e gráficos online. Assinatura por email Análise no Telegram. #FRANCE40 Voltar à lista de instrumentos #ETHEREUM. Conversor de moedas #Bitcoin. 10306.8 USD 14 Sep 2020 12:37. Mudança de preço (% chg) ... Durante o mês, o preço do Bitcoin aumentou mais de 8 vezes. A taxa de câmbio do BTC ultrapassou USD 1.000, alcançando um valor de pico de USD 1242 em 29 de novembro de 2013. Apenas duas semanas depois, o Banco Popular da China anunciou que o Bitcoin não é uma moeda. XBT - Bitcoin. A nossa tabela de classificações de moedas mostra que a taxa de câmbio de Bitcoin mais popular é a taxa de XBT para USD. There is no official ISO código de moeda for Bitcoins, although XBT is commonly used. The símbolo de moeda is . Negocie Bitcoin vs USD em Forex. Obtenha acesso a análises, críticas e gráficos on-line BTC/USD da InstaForex. Historial de taxas do ano de 2017 Dólar norte americano/Bitcoin (USD/BTC), repartido por meses, tabelas para o ano inteiro e para cada mês, taxas de câmbio para qualquer dia do ano. Proveniência: Blockchain (Blockchain)

[index] [3690] [9411] [216] [8921] [4258] [4840] [1072] [4424] [2471] [10631]

CURSO DE MATEMÁTICA FINANCEIRA E RACIOCÍNIO LÓGICO ...

Livro Gratuito de BITCOIN: http://educacao.infomoney.com.br/ebook-bitcoin/parceiros/tn/inscricao.html Redes Sociais: BLOG - http://oprimorico.com.br YOUTUBE ... ESTRATEGIA BINARY OPTIONS + COMO DEPOSITAR EM BITCOIN E PASSAR PARA USD ... Formação e Certificação 100% Gratuita Mentalidade de Alta ... Como Sacar Dinheiro da Carteira de Bitcoin no Caixa 24 ... TOP 5 MELHORES EXCHANGES DE BITCOIN E CRIPTOMOEDAS 2019/2020 • Binance: https://cryptotchaps.com/link/binance 🚨 APOIO: • Curso Crypto Trad... Obrigado por assistir o vídeo,deixa seu like e comente o que achou, Inscreva-se no canal https://goo.gl/aW9JFq (Sua opinião é importante). Cada carteira tem ... Se ha probado un cambio de tendencia para bitcoin, el cual ganaron los toros. Indicador SOPR muestra que vienen más 🔥App de Trading que usamos: https://quant...

http://arab-binary-optiontrade.bitcoinsmining.eu